/>

















/>
















/>
















/>

















/>

















/>



















quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Estimativa do IBGE aponta aumento populacional em Gandu e mais duas cidades da região.

Seguindo os passos de Gandu e Presidente Tancredo Neves, quem também teve um aumento na estimativa foi Teolândia.
Card image 
Dados feitos pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas – IBGE, divulgados nesta terça-feira (30) revela a estimativa populacional da cidade de Gandu e mais sete municípios vizinhos para o ano de 2016. De acordo com a própria pesquisa do instituto, com um aumento de 491 novos habitantes, Gandu segue liderando com 33.030 – frente aos 32.809 registrados em 2015. Logo em seguida aparece Presidente Tancredo Neves. Em 2015 os dados do município registraram 27.505 habitantes, 298 à menos que em 2016 – que registrou 27.803.
Seguindo os passos de Gandu e Presidente Tancredo Neves, quem também teve um aumento na estimativa foi Teolândia, que em 2015 estimava 15.178 habitantes e em 2016 saltou para 15.269. Itamari – 8.495 habitantes e Nova Ibiá – 7.010 habitantes registraram queda no número da população.
Wenceslau Guimarães com 22.445 mil habitantes também teve queda. Em 2015 os dados revelaram que o município obtinha 22.530 mil pessoas. Piraí do Norte registrou um pequeno aumento e pulou de 10.360 em 2015, para 10.386 em 2016. (DP)

Confira a classificação dos grupos do intermunicipal.

 
A maior competição de futebol amador do país está a todo vapor. O total de 33 jogos já foi realizado na edição 2016 do Intermunicipal.
No próximo domingo (4), mais 33 partidas serão realizadas em todo o estado. Será a 3ª rodada do certame que envolve 67 Seleções de diversas regiões da Bahia. Todos os jogos serão iniciados às 15h.
 
Classificação Grupo 9
1 Camamú 6
2 Vera Cruz 2
3 Ituberá 1
4 Valença 1

Classificação Grupo 10
1 Ibirataia 4
2 Jitaúna 4
3 Ibirapitanga 1
4 Ubatã 1 
 
Jogos desse domingo (04/09/2016)
 
Camamú X Vera Cruz 15:00 Hs.
Ituberá X Valença 15:00 Hs.
Ibirapitanga X Ubatã 15:00 Hs.
Jitaúna X Ibirataia 15:00 Hs.
 
Confira o regulamento, tabela e demais informações do Intermunicipal 2016: Aqui!
 
 

UFRB divulga concurso com 16 vagas para Centro de Ciências da Saúde.

O concurso constará das seguintes etapas de prova: escrita ou escrita/prática, didática (aula pública), prova de títulos e defesa de memorial.
  UFRB divulga concurso com 16 vagas para Centro de Ciências da Saúde
A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) divulga concurso público para o cargo de professor efetivo do Centro de Ciências da Saúde (CCS), campus de Santo Antônio de Jesus. São ofertadas 16 vagas, sendo uma vaga para Professor Adjunto A e 15 vagas para Professor Auxiliar. A titulação exigida é a graduação em Medicina com Doutorado na área e Residência/Especialização, respectivamente.
As inscrições estarão abertas no período de 12 de setembro a 14 de outubro. Os interessados devem acessar o site de Concursos da UFRB para preencher o Requerimento de Inscrição e enviá-lo via SEDEX, junto com os demais documentos exigidos no edital, para a Gerência Técnica Administrativa do CCS. As inscrições também poderão ser feitas pessoalmente no horário das 08h30 às 11h30 e das 14h às 16h30, de segunda a sexta-feira, exceto feriados, na sede do Centro de Ensino. As taxas de inscrição variam de R$ 75,00 a R$ 200,00.
O concurso constará das seguintes etapas de prova: escrita ou escrita/prática, didática (aula pública), prova de títulos e defesa de memorial. As provas serão iniciadas a partir do dia 16 de janeiro de 2017, no CCS. Após todas as etapas, a UFRB homologará e publicará em seu site de Concursos e no Diário Oficial da União a relação dos candidatos aprovados e classificados.
É reservado para os candidatos com deficiência o mínimo de 5% (cinco por cento) das vagas disponíveis por cargo e para pessoas negras 20% das vagas destinadas a cada matéria/área do conhecimento. O candidato nomeado que não tomar posse no prazo estipulado terá sua nomeação tornada sem efeito. O prazo de validade do concurso será de um ano, prorrogável por igual período.
Mais informações: www.ufrb.edu.br/concursos.

MPF abre inscrições para procuradores da República com vaga em Jequié.


O Ministério Público Federal iniciou na última terça-feira (30/8), inscrições para concurso público destinada a contratação de procuradores da República. Ao todo, são disponibilizadas 82 vagas distribuídas em todo o Brasil. Para a Bahia, são ofertadas três, nos municípios de Jequié, Bom Jesus da Lapa e Paulo Afonso. Os interessados deverão fazer a pré-inscrição pela internet até o dia 28 de setembro e, em seguida, pagar a taxa de inscrição de R$ 250. Os pedidos de isenção de pagamento de taxa deverão ser feitos até 13 de setembro. Para isso, o candidato deverá comprovar que não tem condições para pagar a taxa e apresenta a inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal (CadÚnico). O número de vagas e as localidades indicadas no edital poderão ser alteradas de acordo com a nomeação de candidatos aprovados em concursos anteriores. 10% do total de vagas também será reservado às pessoas com deficiência. A aplicação da prova objetiva está prevista para 27 de novembro de 2016. Os exames subjetivos deverão ser aplicados de 1º a 4 de abril de 2017.

Catolândia segue como menor cidade em população da Bahia.

A ordem das três menores cidades em população da Bahia 2016 tem Catolândia, na Bacia do Rio Grande, extremo oeste do estado, na primeira posição. O município abriga a menor quantidade de moradores, com 3.965 pessoas, ante as 3.672 apontadas no ano passado. A contagem faz parte da estimativa do IBGE deste ano, publicada nesta terça-feira (30). A mudança na ordem se dá na segunda e terceira menores cidades do estado. Na segunda posição decrescente, aparece Lafaiete Coutinho, no Vale do Jiquirriçá, com 3.996 habitantes; e na terceira Lajedinho, no Piemonte do Paraguaçu, com 4.032 pessoas. No ano passado, a ordem de menores cidades tinha Catolândia, Lajedinho e Lafaiete Coutinho nos respectivos primeiro, segundo e terceiro lugar. (VB)

terça-feira, 30 de agosto de 2016

BA: Vem aí o mutirão para a realização gratuita de cirurgias de vesícula, próstata, hérnia, entre outras.


http://tribunadoreconcavo.net/wp-content/uploads/2016/08/mutirao_de_catarata.jpg
O Governo da Bahia realiza nesse mês de setembro o Mutirão de Cirurgias, vinculado ao programa Saúde sem Fronteiras. Serão atendidos gratuitamente 13 mil baianos no período de um ano. O objetivo é reduzir a fila de espera para cirurgias de vesícula, câncer de próstata, hérnia, útero, miomas e câncer de mama. A ação, que é inédita no País, começará com os procedimentos pré-operatórios.
O Governo do Estado disponibilizará a equipe médica e toda a estrutura para os procedimentos, além do acompanhamento do paciente após a cirurgia. Os atendimentos médicos serão realizados nos hospitais estaduais e nas unidades complementares de cada região do estado. Isso permitirá que o paciente tenha maior comodidade e não faça grandes deslocamentos.
As prefeituras serão responsáveis por garantir o acesso dos pacientes às cidades onde serão realizados os procedimentos. Os pacientes também receberão um kit pós-operatório, com todos os medicamentos para a recuperação. Todos os 417 municípios do estado serão contemplados com o projeto. (SECOM)

Municípios devem cadastrar gastos com Bolsa Família até amanhã.


Até esta segunda-feira (29), 414 municípios ainda não forneceram os dados sobre os gastos com o programa Bolsa Família ao longo de 2015. As informações devem ser cadastradas até a próxima quarta-feira (31) por meio do Sistema SuasWeb, do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA). De acordo com o Portal Brasil, os gerentes municipais que não prestarem contas no prazo terão o repasse de setembro suspenso até que regularizem a situação. O passo a passo para o cadastramento de dados pode ser consultado no Manual de Orientações sobre a prestação de contas. De acordo com o MDSA, 5.155 municípios brasileiros já forneceram os dados relativos aos gastos do programa em 2015. A transferência é feita com base no Índice de Gestão Descentralizada do Bolsa Família (IGD-PBF), que avalia o desempenho dos municípios na gestão do programa e do Cadastro Único. O índice varia entre zero e 1. Quanto mais próximo de 1, melhor o resultado da avaliação da gestão. Se chegar a zero, o município pode perder o recurso. “É muito importante que o município tenha um bom desempenho na gestão do Cadastro Único para programa do governo federal e no acompanhamento das condicionalidades para continuar a ter o recurso”, explica o diretor de Operações da Secretaria Nacional de Renda de Cidadania do MDSA, Celso Corrêa. O recurso para a execução do programa Bolsa Família é repassado anualmente pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário aos entes federados. A quantia é calculada com base no Índice de Gestão Descentralizada (IGD). O gestor municipal ou estadual do programa é o responsável pela aplicação dos recursos. As atividades devem ser planejadas de maneira integrada e articulada com as áreas de educação, assistência social e saúde, levando em consideração as demandas e necessidades da região.

Cai a mortalidade por câncer de pulmão entre os homens, diz estudo.


Depois de décadas de crescimento da mortalidade masculina por câncer de pulmão, levantamento do Instituto Nacional de Câncer (Inca) mostra que houve redução dessa taxa - o número de homens mortos em decorrência da doença passou de 18,5 por 100 mil habitantes para 16,3 por 100 mil, comparando-se os anos de 2005 e 2014. É a primeira vez que essa queda aparece nas pesquisas. Mas o mesmo fenômeno não se repete entre as mulheres. Nesse período, a taxa de mortalidade feminina passou de 7,7 para 8,8 em 100 mil habitantes. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (29), em cerimônia de comemoração dos 30 anos do Dia Nacional de Combate ao Fumo, na Casa Brasil, na zona portuária. A redução da mortalidade masculina por câncer de pulmão está ligada a diminuição no número de fumantes no Brasil. Em 1989, 34,6% da população brasileira de 18 anos ou mais fumava. Essa proporção caiu para 14,7% em 2013. Mas enquanto o tabagismo se tornou "epidemia" entre os homens nas décadas de 1940 e 1950, isso só ocorreu entre as mulheres nos anos de 1970 e 1980. Como o câncer de pulmão é doença que leva 20 anos para se desenvolver, a mortalidade feminina ainda está sob impacto do aumento do consumo do cigarro a partir dos anos de 1970. A pesquisa Câncer de Pulmão - Tendências de Mortalidade e Fatores Associados à Sobrevida do Paciente do Inca, da epidemiologista Mirian Carvalho de Souza, mostra que na década de 1980 a mortalidade masculina por câncer de pulmão era de 14,8 por 100 mil habitantes. Estabilizou entre 1995 e 2005, quando chegou a 18,5 por 100 mil. E baixou para 16,3. Já entre as mulheres, essa taxa era de 4,4 por 100 mil em 1980. Foi a 7,7 por 100 mil em 2005; atingiu 8,8 em 2015; e não dá sinais de que vá estabilizar.  

Anvisa recolhe lote de achocolatado após morte de criança de dois anos.



Após a morte de uma criança de dois anos na última quinta-feira (25), em Cuiabá, a Agencia Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), divulgou no Diário Oficial da União desta segunda (29) uma resolução que decreta o recolhimento de lote inteiro do achocolatado Itambezinho e interdita a comercialização do produto por um período de 90 dias no Brasil inteiro. De acordo com a polícia, a mãe contou que o filho morreu uma hora depois de consumir a bebida. Em nota, a Itambé afirmou que as análises feitas em laboratórios internos não detectaram problema algum na composição do achocolatado no lote suspenso. Após o recolhimento da bebida, novas análises laboratoriais serão feitas. O produto pertencia ao lote MA: 21:18. De acordo com a Anvisa, o lote deve ser recolhido e armazenado até que um laudo confirme o que causou a morte da criança. Segundo a Polícia Civil, que está averiguando o caso, o exame que indicará a causa da morte do menino deve sair em 30 dias. A Anvisa disse também que a Itambé deverá apresentar o mapa da distribuição das bebidas para que o recolhimento do lote seja facilitado. Caso a contaminação da criança pelo produto não seja comprovada, a Itambé poderá distribuir novamente o achocolatado. (Metro1)

Privacidade zero: WhatsApp compartilha seus dados mesmo que você diga 'não'


Na última quinta-feira (25), o WhatsApp atualizou os termos de privacidade e gerou bastante polêmica na internet. De acordo com uma postagem no próprio blog do serviço, o mensageiro começaria a compartilhar uma "quantidade limitada" de informações sobre seus usuários com o Facebook – o que inclui o número de celular. Diante da situação controversa, até mesmo um tutorial sobre como atualizar o WhatsApp e não entregar seus dados para o Facebook foi formulado. Entretanto, parece que nem mesmo seguindo o passo a passo as suas informações estarão livres das "garras" de Mark Zuckerberg. Ao menos é isso o que indica o site AntiMedia, que analisou cuidadosamente os novos termos e até mesmo a página de perguntas frequentes do WhatsApp. 
Privacidade zero - Por mais que você siga o tutorial muito bem explicado na página do WhatsApp, uma mensagem deixa claro que isso não vai evitar que suas informações sejam compartilhadas com a rede social. "A família de empresas do Facebook vai receber e utilizar estes dados para outros propósitos, tais como aprimorar a infraestrutura e sistemas de entrega, entender como nossos serviços e os serviços deles são utilizados, melhorar sistemas de segurança, combate ao spam, abusos e atividades de violação." Portanto, não adianta se esconder. As suas informações no mensageiros serão, sim, compartilhadas com o Facebook. Os usuários não têm escolha, a não ser utilizar outro aplicativo para se comunicar com seus amigos e familiares. Lembrando que ninguém é obrigado a usar o WhatsApp e existe uma grande quantidade de apps que oferecem exatamente as mesmas funcionalidades – quando não ainda mais. (TecMundo)

Catwidget3